Idõ  8 óra 22 perc

Koordináták 1660

Uploaded 2020. október 25.

Recorded október 2020

-
-
2 596 m
1 754 m
0
3,0
5,9
11,84 km

Megtekintve 89 alkalommal, letöltve 0 alkalommal

közel El Raso, Castilla y León (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"


ASCENSÃO DO PICO ALMANZOR (2592m) PELA PORTILLA BERMEJA E VOLTA PELO RAMAL DA PORTILLA DO CRAMPÓN (EM RAPPEL) COM REGRESSO À PLATAFORMA DE GREDOS


Voltamos ao Parque Regional Sierra de Gredos com o objetivo de explorar o Circo de Gredos, num fantástico ambiente de alta montanha, onde sobressaem os seus lagos, arestas e cumes, principalmente o do Almanzor, ponto mais alto da Serra de Gredos.

O segundo e último dia da atividade, destinamos à ascensão do Pico Almanzor (2592m) pela Portilla Bermeja e descida, em rappel, pelo Ramal da Portilla do Crampón com regresso à Plataforma de Gredos, onde demos por terminada esta incursão pelo Circo de Gredos.

Saímos da área de Vivac (Laguna Grande), onde pernoitamos, em direção ao Refúgio Elola, uma breve paragem para abastecer de água e seguimos o caminho de pé posto já por nós percorrido no dia anterior até Hoya Antón. O caminho está perfeitamente marcado com mariolas (hitos). Daqui dá para ver o “canal”, em todo o seu esplendor, que temos de subir por grandes blocos de pedra até chegarmos a uma zona um pouco mais plana onde se forma um buraco chamado Nevero del Almanzor.

Desde Hoya Antón a subida intensifica-se, temos de superar, em 600 metros, um desnível de 300 metros que nos leva a passar pela entrada do Canal da Portilla del Crampón. Trata-se de uma secção inicial de 300 metros que, sem ser um canal especifico, é comum aos dois canais. Da bifurcação resta-nos 200 metros pelo Canal da Portilla Bermeja sempre a subir em ziguezague até aos 2416 metros de altitude, onde alcançamos a Portilla Bermeja, estreita colina entre o Cuchillar de las Navajas à esquerda e a Cresta del Almanzor à direita.



Aqui fizemos uma paragem técnica para o reforço e contemplar as magnificas panorâmicas: do lado norte, todo o Circo de Gredos, e do lado sul, a majestosa planície de Campo Arañuelo e ao fundo as montanhas de Toledo.

Depois do reforço continuamos pela direita, seguimos pela aresta através de grandes blocos de pedra e descendo um pouco seguimos o Camiño del Tío Domingo com passagens mais expostas e alguns destrepes pelos blocos de granito até começarmos a ver o cume rochoso “Cuerno del Almanzor”. Passamos pela saída da Portilla del Crampón, contornamos a Face Oeste do Almanzor para efetuar a subida pelos Canales Oscuras. A partir daqui começa a subida entre blocos até ao cume do Almanzor, perto do cume chega-se a um pequeno patamar onde à frente existe uma parede vertical de cerca de três metros que pode ser facilmente escalada com boas pegas e apoios.

Superado este troço, percorre-se um pequeno corredor entre blocos de pedras circundando a “chaminé” para fazer por fim uma pequena escalada até ao Pico Almanzor (2592m). As vistas são espetaculares, tudo aos nossos pés, nada ao nosso redor é mais alto! Almoçamos e desfrutamos do cume. O espaço é pequeno, talvez pouco mais de seis pessoas possam estar ao mesmo tempo no cume, sendo que quando alguém chega o melhor é sair e deixar o espaço para que todos possam desfrutar um pouco. E foi o que fizemos com a chegada de outros montanheiros iniciamos a descida…



Regressamos ao patamar, aproveitando a argola existente passamos a corda e descemos em “rappel” 45 metros, com Canales Oscuras nas nossas costas… daqui seguimos para o Ramal Portilla del Crampón, onde sem corda a descida é impossível. Voltamos a montar a corda na argola existente e voltamos a “rappelar” por mais 45 metros todo o Ramal Portilla del Crampón.

Já propriamente no Canal da Portilla del Crampón fomos ziguezagueando pelo canal entre pedras até alcançar a bifurcação e o caminho já realizado na ascensão. Agora seguimos o mesmo percurso, mas no sentido inverso, passamos por Hoya Antón e Refugio Elola até chegarmos às tendas.

Chegados à área de Vivac (Laguna Grande) desmontamos as tendas e depois de uma pequena pausa seguimos para a Plataforma de Gredos pelo PR-AV 17 Senda de la Laguna Grande. Contornamos pela direita a Laguna Grande e seguimos para o Mirador de Los Barrerones chegando quase aos 2180m de altitude. As panorâmicas são impressionantes sobre o Circo de Gredos. Vencido este desnível vamos começar a descer, passamos pela Fuente Cavadores e Puente de Las Pozas para terminar esta atividade na Plataforma de Gredos aos 1780m de altitude.





Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes
Waypoint

VIVAC (LAGUNA GRANDE)

Waypoint

REFUGIO ELOLA (LAGUNA GRANDE)

Waypoint

HOYA ANTÓN

Waypoint

CANAL PORTILLA DEL CRAMPÓN

Waypoint

CANAL PORTILLA BERMEJA

Waypoint

PORTILLA BERMEJA

Waypoint

CRESTA (CAMIÑO DEL TÍO DOMINGO)

Waypoint

PORTILLA DEL CRAMPÓN

Waypoint

PICO ALMANZOR (2592M)

Waypoint

RAMAL PORTILLA DEL CRAMPON

Waypoint

LAGUNA GRANDE

Waypoint

FUENTE BARRERONES

Waypoint

MIRADOR DOS BARRERONES

Waypoint

FUENTE CAVADORES

Waypoint

PUENTE DE LAS POZAS

Waypoint

PLATAFORMA DE GREDOS

Hozzászólások

    You can or this trail