Idõ  6 óra 21 perc

Koordináták 1590

Uploaded 2021. május 4.

Recorded május 2021

-
-
849 m
514 m
0
3,4
6,9
13,79 km

Megtekintve 22 alkalommal, letöltve 2 alkalommal

közel Pontemieiro, Aveiro (Portugal)


RIO ARÕES (AMARELA OU LORDELO)

- Trilho desenhado a partir de percursos realizados nesta zona por outros caminheiros e que permite percorrer uma parte da encosta sul da Serra do Arestal, entre as aldeias da Junqueira, Pontemieiro, Chão do Carvalho e Calvela;
- Trilho circular, sem marcações (exceto no troço comum com o PR1 VLC - Varandas da Felgueira), com início e fim junto à capela de Junqueira (opcional);
- Decorre pela encosta sul da Serra do Arestal, começando no vale da Ribeira de Arões, entre as aldeias da Junqueira e de Pontemieiro, com passagem pela Praia Fluvial desta última, subindo depois a encosta da serra até à Poça dos Cravos e Baloiço de Vilar, e daí regressando ao vale da Ribeira de Arões para terminar na Junqueira, passando pelo meio pelas aldeias de Chão de Carvalho (subida) e Calvela (descida);
- Ao longo do percurso existem alguns pontos de referência, com destaque para as margens da ribeira de Arões com os seus açudes e moinhos, a Quinta do Torno (queijaria artesanal), a aldeia de Pontemieiro e a sua Praia Fluvial, as aldeias de Chão do Carvalho e de Calvela, a Poça dos Cravos e o Baloiço de Vilar, assim como as excecionais vistas panorâmicas da serra da Freita, nomeadamente o Radar Meteorológico de Arouca e a Frecha da Mizarela;
- Misto de caminhos de terra, estradões florestais e trilhos de pé posto;
- Trilho com características moderadas, tendo em conta alguns declives mais acentuados, essencialmente na subida desde o Rio Arões até ao planalto onde se encontra a Poça dos Cravos;
- Esta encosta da Serra do Arestal proporciona vistas panorâmicas de excelência, quer na direção da Ria de Aveiro, quer para as encostas da Serra da Freita;
- A aldeia de Pontemieiro, com o seu número muito reduzido de casas, tem vindo a ser muito bem recuperada, tal como as tradições da região (é o caso dos presépios comunitários). A sua Praia Fluvial constitui também um motivo muito aliciante para justificar a deslocação a esta localidade, pois as margens do rio Arões são luxuriantemente verdes. Quanto à aldeia de Chão de Carvalho, esta ainda conserva a sua rude ruralidade, com o casario em granito e as cortes para os animais. Nesta aldeia percebe-se que já poucos habitantes aí residem;
- Este trilho é um percurso relativamente acessível. No entanto, convém ter em conta os troços cujo declive exige boa capacidade física. Se chover, com vento e neblina, as dificuldades serão muito acrescidas. Botas e bastões são essenciais;
- No seu todo, é um percurso paisagisticamente muito bonito, com vários pontos de interesse e uma fantástica praia fluvial. Esta bela região de Vale de Cambra será, com certeza, uma excelente opção para se visitar e conhecer.


CARVALHAL (RIBEIRA DA PÓVOA)

Outros percursos realizados nesta região:
Trilhos da Freita: Freita Trekking 2019 (1ª parte)
Trilhos da Freita (1.º reconhecimento FT2018)
Trilhos da Freita (reconhecimento FT 2018 - 1ª parte)
Freita Trekking 2018 - 2ª parte
Serra da Freita (reconhecimento Freita Treking)
Freita Treking 2017 - 1ª parte
Freita Treking 2017 - 2ª parte (troço Paraduça - Cabrum - Felgueira)
Freita Treking 2016


LAMEIROS DE CALVELA

- SERRA DO ARESTAL
Com cerca de 830 metros de altitude, estendendo-se pelo concelho de Sever do Vouga e de Vale de Cambra. Faz parte do Maciço da Gralheira, juntamente com a Serra da Arada e a Serra da Freita. Aqui a paisagem circundante é dominada pelo verde da serra à mistura com o azul do mar da costa lagunar de Aveiro, que se pode avistar no horizonte em dias de perfeita visibilidade.
Ainda na Serra do Arestal deve visitar a grande Pedra Insculturada, integrada num grupo de penedos que popularmente é conhecida por Forno dos Mouros, cuja origem remontará, provavelmente, à idade do Bronze. Esta Pedra Insculturada, voltada a poente na vertente ocidental da Serra, mede cerca de 5 metros de comprimento por 2 de largura e apresenta na superfície covinhas, semi-círculos, arcos de círculos e círculos simples, concêntricos e múltiplos. Foi objecto de classificação como “Imóvel de Interesse Público”.
Alguns dos mais valiosos tesouros naturais e culturais desta serra são as impressionantes cascatas, envolvidas por uma vegetação luxuriante; as enigmáticas gravuras de arte rupestre atlântica e notáveis monumentos megalíticos que testemunham a ancestral ocupação humana deste território; museus, pelourinhos, casas nobres e antigas dependências do mosteiro de Arouca, que comprovam a longevidade das povoações que aqui se instalaram; e, ainda, antigos santuários e igrejas, espaços únicos de arte e meditação.


SERRA DO ARESTAL (CAMINHOS ENTRE ALDEIAS)

- VALE DE CAMBRA
Vale de Cambra é um vale mágico por natureza! Desde as belas e solarengas encostas das serras da Freita e Arestal, aos vales férteis do Caima, Arões e Teixeira, há todo um universo de atrações naturais e culturais para descobrir e desfrutar!
Berço da primeira industria de lacticínios do país, Vale de Cambra possui uma longa história associada, quer à indústria dos laticínios, quer à indústria das madeiras, das embalagens metálicas e da metalurgia, acolhendo, atualmente, as maiores empresas do país, nestas áreas.
Mas foi graças ao seu rico e extenso património natural, com destaque para o seus vales férteis, onde eram produzidos leite e vinho em abundância, que o município atingiu tal patamar de desenvolvimento industrial.
Estes mesmos vales férteis, povoados de campos com vinhas, rios, cascatas, levadas e albufeiras, que espelham nas suas águas a imagem de uma natureza inebriante, encontram-se cercados de altas montanhas, onde abundam florestas que abrigam uma notável fauna e flora, vestígios arqueológicos de arte rupestre atlântica, aldeias ancestrais empoleiradas em socalcos, e pontes seculares. Estes vales e montanhas são, hoje, espaços onde se promove o turismo, o desporto e a cultura.


LEVADA (RIO ARÕES - PONTEMIEIRO)

“… cercado de montanhas de formas extravagantes, não é fácil descortinar em Portugal outro mais grandioso e espectacular. Quase não tem planos. ...A terra é verde e o céu é azul; é tudo verde e azul com raras pintas brancas do casario, que mais do que moradias de homens parecem janelas da própria paisagem.”

“Nas noites de luar, quando o grande balão de oiro surge na lomba das montanhas, o vale enche-se de magia, dum sortilégio que paira desde os píncaros longínquos às águas sussurrantes do Caima.”

(Ferreira de Castro)


LAMEIROS DE PONTEMIEIRO
Vallási helyszín

Capela de Junqueira

Waypoint

Quinta do Torno (queijaria artesanal)

Esta propriedade é uma exploração agrícola e agropecuária, nomeadamente criação de gado caprino. Comercializa produtos oriundos da própria exploração e fabricação de produtos lácteos. Vale a pena fazer uma pequena paragem para visitar o local e conversar um pouco com o senhor Joaquim Ramos, proprietário e pessoa simpática e afável. Se tiver oportunidade, aproveite para provar o queijo aqui produzido (há venda ao público). É delicioso!!
Folyó

Açude (Rio Arões)

Este açude encontra-se dentro de propriedade privada, a Quinta do Torno (queijaria artesanal). É necessário permissão para aceder a este local.
Folyó

Açude (ribeira da Póvoa)

Este açude encontra-se dentro de propriedade privada, a Quinta do Torno (queijaria artesanal). É necessário permissão para aceder a este local.
Folyó

Levada e açude (Rio Arões)

Esta levada e açude encontram-se dentro de propriedade privada, a Quinta do Torno (queijaria artesanal). É necessário permissão para aceder a este local.
Waypoint

Mina

Híd

Pontelha sobre Ribeira da Póvoa

Waypoint

Pontemieiro

A bonita aldeia de Pontemieiro, no concelho de Vale de Cambra, é um dos recantos mais bonitos deste concelho. Situada na freguesia de Junqueira, esta aldeia toda restaurada conta também com um rebanho de cabras comunitário e uma queijaria artesanal e existe uma associação local que promove atividades locais para desenvolvimento da mesma. Aqui passa o rio Amarela (ou Arões, como também é conhecido) e mais à frente da aldeia encontra-se o parque de lazer com uma praia fluvial, onde se pode usufruir da paz deste recanto mágico e destas águas límpidas, mas geladas. Aconselha-se a também visitar a aldeia na altura do natal pois no concelho de Vale de Cambra promovem-se os presépios comunitários. E o da aldeia de Pontemieiro é belíssimo.
Folyó

Ribeira da Póvoa e açude

Waypoint

Levada

Folyó

Rio Arões (Amarela ou Lordelo)

Rio Arões é um rio português que nasce em Arões, Vale de Cambra. Este rio também é conhecido por Rio Amarela ou Lordelo. Passa pelos lugares de Parada e Lourizela antes de desaguar no Vouga, perto de Couto de Baixo, freguesia de Couto de Esteves.
Folyó

Açude natural

Strand

Praia Fluvial de Pontemieiro

Esta praia fluvial, localizada á saída da aldeia de Pontemieiro, é um local aprazível para dar uns mergulhos no Rio Arões (Amarela ou Lordelo, como também é chamado), pois aqui construiu-se uma pequena barragem que é fechada de verão e dá lugar a um zona de banhos para os veraneantes das freguesias de Arões e Junqueira. Envolvida por floresta e campos de cultivo, a Zona de Recreio e Lazer de Pontemieiro enquadra-se num cenário de grande beleza. As águas cristalinas que banham este espaço de lazer formam um belíssimo espelho de água. Ideal para passar momentos de tranquilidade e lazer este espaço disponibiliza estacionamento, zona de merendas, sanitários e iluminação pública. Nesta praia fluvial da Pontemieiro pode-se passar um dia em família e aproveitar a magnifica zona, muito calma e tranquila, com águas límpidas mas um pouco frias.
Waypoint

Moinho

Folyó

Rio Arões (Amarela ou Lordelo)

Waypoint

Lameiros de Chão do Carvalho

Waypoint

Chão do Carvalho

Panoráma

Panorâmica Chão de Carvalho

Panoráma

Panorâmica da Serra da Freita

Panorâmica da Serra da Freita, com destaque para a aldeia de Cabrum (direita), Moura Velha (esquerda inferior) e Carvalhal do Chão (esquerda superior). No topo da serra observa-se a torre do Radar Meteorológico de Arouca.
Panoráma

Miradouro

Este local proporciona uma vista fantástica sobre a serra da Freita, com destaque par o Radar Meteorológico de Arouca, a Frecha da Mizarela e algumas aldeias deste maciço: Viadal, Tabaçó, Póvoa das Chãs e Mizarela.
Panoráma

Panorâmica de Viadal

Waypoint

Poça dos Cravos

A "Poça dos Cravos" está localizada num afloramento granítico, acima da aldeia de Vilar, que além de proporcionar uma incrível vista para a aldeia de Viadal com a Serra da Freita como pano de fundo, também esconde uma pedra boroa! Mas a verdadeira curiosidade, passa pela água desta "poça", que segundo as gentes da terra, além de nunca secar, mesmo quando não chove, era usada para curar os cravos das mãos!
Waypoint

Baloiço de Vilar

O distrito de Aveiro acaba de ganhar mais um Baloiço, construído a quatro mãos, por um pai e filho. Trata-se do Baloiço de Vilar e fica no topo de uma serra, com vista desafogada para esta aldeia, situada em Cepelos, concelho de Vale de Cambra. Aveiro e a sua ria também se conseguem avistar no horizonte e, em dias de céu limpo, chega a ser possível ver-se o Porto. A nova atração é de acesso livre e gratuito e fica situada junto à Poça dos Cravos e à Cadeira do Rei, duas formações naturais encontradas em rochas e conhecidas na região.
Panoráma

Radar Meteorológico de Arouca

CURIOSIDADE: neste exato ponto do estradão florestal, consegue-se observar o Radar com um enquadramento muito singular.
Waypoint

Calçada (Calvela)

Kút

Calvela (fonte)

Kút

Presa, lavadouro, fonte e alminhas (Calvela)

Hozzászólások

    You can or this trail